União Européia irá cobrar taxa de 5 Euros para Turistas Estrangeiros

A Europa confirmou que vai aumentar o controle na entrada dos turistas, inclusive dos brasileiros, em breve. A principal mudança será  a criação do ETIAS (Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem). A expectativa é que ele seja semelhante ao ESTA adotado pelo governo americano, composto por um formulário online a ser preenchido antes da viagem.

A boa notícia é que o valor da taxa que será criada com o novo sistema não será de 50 euros, como chegou a ser estudado e divulgado pela imprensa europeia em setembro, mas apenas de 5 euros, algo que gira em torno de R$ 18.

O novo procedimento faz parte do Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem, válido para qualquer viajante isento da obrigação de visto. Para embarcar, o passageiro vai precisar ter preenchido um formulário online com informações pessoais e ter pago a respectiva taxa. Neste formulário serão feitas perguntas como emprego, grau de escolaridade, entre outras.

“A autorização, cujo pedido não levará mais de dez minutos a preencher e que necessita unicamente de um documento de viagem válido, será válida por cinco anos e pode ser utilizada para várias viagens. Uma taxa de tratamento do pedido de apenas 5 EUR será aplicada a todos os requerentes com mais de 18 anos”, diz o comunicado da UE.

A previsão é que este novo sistema entre em vigor apenas em 2019, até lá não estão previstas mudanças na entrada dos passageiros no espaço Schengen. O objetivo principal do novo procedimento é aumentar o controle em fronteiras europeias, assim evitando possíveis imigrações clandestinas ou problemas ainda maiores, como de terrorismo e coisas assim.

Leia o comunicado oficial no site da Comissão Europeia.

 

Anúncios

7 motivos para viajar para a Colômbia

Em tempos de economia, nada melhor do que otimizar custos (mas nem pensar em poupar na diversão). Seguindo esta equação, uma ótima opção é o Caribe Colombiano, com suas duas estrelas maiores: Cartagena das Índias e San Andrés. Os dois destinos encantam pelo cenário paradisíaco e complementam um ao outro; isto porque enquanto San Andrés chama atenção pelas belezas naturais, Cartagena atrai os amantes da cultura, da arquitetura e da história.

Também tem espaço para os mais agitadinhos, que não dispensam uma balada ou o prazer de encher uma sacola de compras. A proximidade dos dois locais permite que você aproveite ao máximo as atrações conjuntas, formando o “casadinho” de viagem perfeito. Aliás, o destino compensa muito, já que o real está bem valorizado frente ao peso colombiano. Então que tal dar uma olhada nas maravilhas do Caribe Colombiano, e conhecer sete vantagens deste paraíso para começar a planejar sua viagem?

Cartagena das Índias

1 – Caribe é logo ali

As vantagens começam pela proximidade com o nosso país. Por fazer fronteira com o Brasil, não é necessário visto para entrar na Colômbia, apenas o passaporte com validade mínima de seis meses. Se optar por voar direto para a Colômbia, vai precisar apenas do seu RG, lembre-se que a carteira de identidade deve estar em perfeito estado e nunca plastificada. Mas fique atento, porque isto não serve para a CNH ou qualquer outro tipo de documento que geralmente se aceita como identidade aqui no Brasil.

San Andrés

2 – Disponibilidade

O destino possui ofertas de voos diárias, especialmente pelas companhias Avianca (original do país), e Copa Airlines. Muito mais fácil de planejar a viagem e até procurar por descontos.

Cartagena das Índias

3 – Ótimo Custo x Benefício

A moeda é o Peso Colombiano (COP), e a relação é de US$ 1,00 = COP 2,92 aproximadamente (cotação de 15/8/2016). Em San Andrés a maioria dos hotéis trabalham no regime “all-inclusive”, o que facilita na hora de planejar o orçamento da viagem. Em Cartagena o all inclusive não é uma regra, mas existem opções caso esta seja uma exigência sua.

Cartagena das Índias

4 – Combinação de Praias Paradisíacas + Cultura & História

San Andrés possui um dos cenários mais paradisíacos que você pode conhecer. O Mar caribenho nesta região possui sete tons de azul, é algo de tirar o fôlego de qualquer um. O reggae é a trilha oficial do passeio e é o destino perfeito para os amantes da natureza e — por que não? — do “all-inclusive” dos hotéis. Já em Cartagena é onde você vai desfrutar da cultura e arquitetura de uma região que inspira o imaginário até hoje, com suas histórias de piratas famosos. A vida noturna também é um grande atrativo com baladas, bares e restaurantes que servem gastronomia típica e apresentações de dança – sobretudo a salsa, ritmo amplamente difundido no país.

San Andrés

5 – Gastronomia

A base da cozinha, como os demais destinos caribenhos, são os frutos do mar, e em San Andrés, diga-se de passagem, são encontrados em abundância. Porém, se esse não é o seu item preferido, os hotéis normalmente oferecem outros tipos de opções, como carnes e aves. Em Cartagena também é possível se deliciar com pratos da cozinha local, com um cardápio que inclui pratos como empanadas de carne e “arepas de huevo” (arepas recheadas com ovo); sopas como o “sancocho” e o “mote de queso”, que contém inhame. Vale a pena experimentar!

Cartagena das Índias

6 – Idioma

Espanhol é a língua oficial, o que facilita e tranquiliza os turistas brasileiros. Mesmo que o idioma não seja seu ponto forte, com o nosso famoso “portunhol” você consegue se virar e se sentir em casa. Aproveite e não tenha medo de soltar o verbo para conhecer os simpáticos colombianos.

San Andrés

7 – Segurança

Muito se questiona sobre a segurança no país como um todo, por conta das guerrilhas, tráfico etc. Talvez isto esteja mais no imaginário que na realidade em si, por conta do passado problemático do país. Mas há muito se investe em segurança e tudo isto foi deixado para trás, tornando o país em um dos queridinhos da América do Sul para turistas do mundo inteiro. No momento, não existem indícios de violência ou problemas mais sérios com turistas. Mas como sempre comentamos, jamais descuide da segurança, não importa em que lugar do mundo.

Convencido? Então inspire-se nos roteiros para Cartagena / San Andrés que a New Age Tour Operator preparou pra você. O legal também contar com um agente de viagem de confiança. Como estamos falando de um destino “casadinho”, é ele quem vai planejar da melhor forma possível a sua estadia de acordo com o tempo e orçamento que você dispõe.

Se você precisar podemos indicar uma agência na sua cidade ou próximo.

 

Clique e conheça a melhor praia da Europa

Um destino paradisíaco que possui uma vista de tirar o fôlego. Essa é apenas uma das características que definem Stiniva, a praia croata que foi considerada a melhor do mundo pelos leitores do site European Best Destinations.

Continuar lendo “Clique e conheça a melhor praia da Europa”

Top 10: os mais belos castelos do mundo

Cenários de batalhas ou romances, os castelos europeus fazem parte da história – e do imaginário ocidental. Construídas em sua maioria na Idade Média, essas fortificações são hoje alguns dos mais famosos pontos turísticos do Velho Mundo. Listamos, aqui, os dez mais importantes – e imponentes. Confira!

Leia também – 10 Resorts para você curtir sombra, água fresca e família

Curta nossa página no Facebook

1. Monte Saint Michel, Manche, França

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Uwe Küchler)

Construído sobre um monte à beira-mar, o mosteiro só pode ser acessado a pé durante a maré baixa. Sua grandiosidade torna-o um dos pontos turísticos mais famosos do país, com uma frequência anual de mais de 3,5 milhões de visitantes.


2. Castelo de Edimburgo, Escócia

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Jericho)

Boa parte das batalhas que separaram – e anexaram – a Escócia da Grã-Bretanha aconteceu dentro ou nos arredores dessa fortificação. Tanto assim que a construção, erguida a partir do século 12, é considerada o símbolo nacional escocês.


3. Castelo Neuschwanstein, próximo a Munique, Alemanha

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Photoglob AG)

Esta fortificação foi erguida no século 19, portanto não tem nada de medieval. Mas sua inserção na paisagem é tão encantadora que o palácio se tornou o paradigma dos castelos, graças à Disney, que eternizou sua imagem nos cenários da fábula de Cinderela.


4. Castelo Glamis, Angus, Escócia

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Ian Robinson)

Não é a maior nem a mais antiga, muito menos a mais importante fortificação do planeta. Mas o Glamis faz parte desta lista por ser o mais mal-assombrado dos castelos europeus.


5. Castelo de Windsor, Berkshire, Inglaterra

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Mark S Jobling)

Com 900 anos de existência, o Castelo de Windsor é a maior e mais antiga residência real do planeta. Ali vive a rainha Elizabeth II e parte de sua notável família.


6. Castelo Chambord, Loir-et-Cher, França

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Elementerre)

Residência do rei Luís XIV, o castelo Chambord foi erguido no século 16. Atualmente é a mais visitada das construções do vale do Loire.


7. Hampton Court Palace, Londres

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Andreas Tille)

No universo anglo-saxão, a palavra Hampton é sinônimo de luxo. Não é à toa – o Hampton Court Palace, que serviu de residência para o rei Henrique VIII, conta com nada menos do que mil cômodos.


8. Castelo de Praga, República Tcheca

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Stefan Bauer)

Símbolo nacional, o castelo de Praga foi erguido a partir do século 9º, mas ganhou suas atuais feições somente entre os séculos 14 e 16, quando serviu de cenário para as batalhas de unificação do país.


9. Castelo de Saint Michel, Cornuália, Inglaterra

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / Mark Twyning)

Menos famoso do que seu homônimo francês, o Mont Saint Michel inglês também só pode ser acessado quando a maré está baixa. Está localizado no pitoresco vilarejo costeiro de Marazion.


10. Castelo de Leeds, Kent, Inglaterra

 (Foto: reprodução / iStockphoto)

 (Foto: Wikimedia Commons / 97198)

Construída no século 12, a propriedade rural é comumente usada no cinema como locação para residências da aristocracia inglesa.
Entre em contato para dúvidas.

Arca de Noé chegará ao Brasil na Olimpíada; entenda

O que você faria se a Arca de Noé chegasse ao Brasil? Correria para as montanhas? Não, não estamos voltando aos tempos bíblicos, trata-se de 2016. E é verdade. Inspirado nos ensinamentos sagrados, o carpinteiro holandês Johan Huibers criou uma réplica da construção há quatro anos como uma atração turística.

A embarcação cruzará mais de oito mil quilômetros da Holanda para chegar aos mares brasileiros. E isso não será feito apenas com a boa vontade de seu criador. Em parceria com a fundação The Ark of Noah, ambos têm recebido doações para bancar a viagem.

A arca é maior que um campo de futebol e pode transportar mais de cinco mil pessoas de uma só vez. Tem mais de 120 metros de construções por 28 de largura, 22 metros de altura e pesa 2,5 toneladas.

A vinda da réplica, também chamada de a arca de Johan, em homenagem ao carpinteiro, está marcada para Fortaleza e Rio de Janeiro durante a Olimpíada e Paralimpíada, entre agosto e setembro deste ano.

Você se perguntou: mas por que o Brasil? Eles justificam. Segundo a fundação, Johan se sentiu tocado quando soube das vidas de “comunidades desprivilegiadas” e iniciou suas preces sobre como poderia ajudar. Após receber uma “mensagem de Deus”, ele decidiu trazer a arca para cá.

O QUE ACONTECERÁ
Além das doações para manter a evangelização de pé, a fundação pretende levar famílias pobres para conhecerem a arca. Para isso conta com a ajuda de igrejas, organizações sociais, orfanatos, entre outros. A partir de US$ 25, os colaboradores podem “comprar” um quilômetro da viagem. Com US$ 10 mil, envia um ônibus de crianças órfãs à visita.

Como mantém a tradição, a arca de Noé tem réplicas artificiais de pares animais, como manda a bíblia. É prometida uma experiência interativa que inclui visitas por meio da história da criação, do paraíso, separação de Deus até chegar ao grande dilúvio. A salvação, para finalizar, será por meio da apresentação de Jesus Cristo.

Muito além de trazer a palavra sagrada, a fundação pretende abrir um centro social em cada cidade que passar. Com a doação de fiéis e entusiastas da bíblia.“O Ark of Hope Centers irá oferece apoio social, educacional e prático aos cidadãos menos privilegiados do Brasil e depois em demais países. Iremos ensinar o uso da água, responsabilidades sociais e ambientais, bem como auxiliar em questões de abuso de substância, força de trabalho, entre outros”, justificou a fundação.

POR ONDE PASSARÁ
Como citado anteriormente, a réplica da embarcação bíblica passará por Rio de Janeiro e Fortaleza. Mas as ambições para “trazer o gospel” são maiores. Em seu site, afirmam que o cruzeiro religioso ficará no Brasil entre dois e quatro anos e pode chegar a Manaus, Belém, Recife, Salvador, Vitória, Santos, Guarujá, Florianópolis e Porto Alegre.

A partir daí, passará por outros países das Américas, atracando em portos como os de Montevidéu, Buenos Aires, Panamá, entre outros. Uma viagem aos Estados Unidos também é esperada.

Cinco motivos para fazer um intercâmbio mesmo na crise

O desejo de viajar e conhecer outras culturas está presente no interior de quase todos os viajantes. Quem já fez um intercâmbio garante que é uma experiência única na vida.Ir para outro país estudar idiomas ou fazer alguma especialização em sua área profissional pode melhorar o currículo de muita gente. Continuar lendo “Cinco motivos para fazer um intercâmbio mesmo na crise”

Rodovia incrível dentro do mar na Noruega

A Incrível Estrada do Atlântico

Apenas oito quilômetros – provavelmente bem menos do que você costuma fazer diariamente para chegar ao trabalho. Mas a experiência de realizar este percurso ficará guardada na memória para sempre, afinal, é uma das estradas mais bonitas do mundo. A Atlantic Ocean Road, conhecida aqui como a “Estrada do Atlântico” e localmente como Atlanterhavsveien, liga as cidades de Molde (famosa por suas flores, atmosfera romântica e festival de jazz) e Kristiansund, na costa oeste da Noruega.

Continuar lendo “Rodovia incrível dentro do mar na Noruega”